segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Nicolina Vaz de Assis, escultora do Brasil.

Nicolina Vaz de Assis Pinto do Couto (Campinas1874 -- Rio de Janeiro1941) foi uma escultora brasileira.

Eliseu Visconti - Retrato da escultora Nicolina Vaz de Assis - Acervo do Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro
Iniciou seus estudos na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro, onde ingressou em 1897, e teve como mestre Rodolfo Bernardelli.
Conquistou uma bolsa de estudos junto ao Pensionato Artístico do Estado de São Paulo o que lhe permitiu viajar para Paris e ali permanecer de 1904 a 1907 em contínuo trabalho de aperfeiçoamento de sua arte. Ingressou na Academia Julian onde recebeu aulas de Falquieres, Puech, Maeder e Sueve.
No período em que esteve na França, teve seus trabalhos aceitos noSalon de Paris. E no Brasil participou com assiduidade dos salões organizados pela Escola Nacional de Belas Artes entre 1899 e 1935. Em 1911 casou-se com o escultor português Rodolfo Pinto do Couto.
Em 1950, a direção do Museu Nacional de Belas Artes fez realizar em homenagem à ilustre escultora uma exposição póstuma de suas obras.
Bibliografia
·         PONTUAL, Roberto. Dicionário das artes plásticas no Brasil. Rio de Janeiro; Civilização Brasileira, 1968.
Fonte: wikipedia

DO BLOG “AS HISTORIAS DOS MONUMENTOS DO RIO”
Em 1910, com a reforma da Quinta da Boa Vista promovida pelo prefeito Serzedello Corrêa, Nicolina passou a ser a escultora oficial do Ministério da Viação e Obras Públicas. Para o parque, executou os bustos em bronze de Nilo Peçanha e de Grandjean de Montigny, hoje na Casa França Brasil. O busto do paisagista do parque, Auguste Glaziou, ela executou em mármore de Carrara. Nicolina realizou também dois conjuntos: um em mármore, chamado de “Canto das Sereias”, e outro em bronze, chamado “Serpente”. Essas obras são o maior legado público deixado pela escultora na cidade.


 Busto do August Glaziou

O conjunto “Canto das Sereias” é um bloco de mármore maciço no qual a artista esculpiu um homem caído sobre um rochedo entre várias sereias, sendo que uma delas se volta para ele e o segura pelos braços, como se ele estivesse desacordado pelo som da música entoado por elas.
                               

A “Serpente”, erigida com perfeição na execução de sua pele, parece emergir do lago. Originariamente, era um chafariz que jorrava água alto.

   



pesquisas

Nenhum comentário: